Paulo de Freitas Mendonça
Depois de alguns anos afastado, por opção pessoal, dos estúdios de rádio e de ter relutado em aceitar propostas de emissoras tradicionais de diversas cidades gaúchas, o conceituado locutor, jornalista, pajador, poeta e compositor, Paulo de Freitas Mendonça volta a apresentar um programa de rádio. O seu retorno ao microfone acontece na Rádio Quero Quero.net com o programa Galpão do Pajador, nas terças, quarta e quintas-feiras, das 08h às 10h.
Galpão do Pajador é um programa que por seis anos esteve em emissoras de diversas cidades do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Mato Grosso. Todavia, o Galpão do Pajador passa agora a ser apresentado exclusivamente na Quero Quero. net e totalmente remodelado, com novos horizontes culturais, em virtude da vasta gama de conhecimentos adquiridos por Mendonça nestes anos, especialmente em suas contínuas viagens internacionais das quais tem trazido amplo material discográfico da cultura tradicional de diversos países. O Galpão do Pajador vai estrear no dia 02 de julho deste ano, apresentando a cultura poético-musical do Rio Grande do Sul, com boas pitadas da arte de raiz de diversas partes do mundo, essencialmente no que se refere ao folclore e a poesia oral improvisada.
Mendonça possui larga experiência nos campos da comunicação. É formado em jornalismo pela Unisinos, foi um dos mais representativos locutores da Rádio Liberdade FM durante os primeiros dez anos da emissora, trabalhou durante seis anos na equipe de cultura da Rádio Gaúcha AM, fazendo a cobertura jornalística dos festivais e eventos do gênero, trabalhou nos primeiros quatro anos da Rádio Rural AM, entre outras emissoras. Também tem experiência em Televisão, tendo realizado trabalhos para a TV Educativa, TV Assembleia e TV Guaíba. É o diretor do Jornal do Nativismo que circula há 25 anos ininterruptamente.
Na função de apresentador de eventos esteve nos palco dos mais importantes festivais do Estado e na condição de pajador tem percorrido os principais palco da poesia oral improvisada do mundo, em diversos países, tendo improvisado com brasileiros de diversas regiões do país, uruguaios, argentinos, chilenos, venezuelanos, cubanos, porto-riquenhos, portugueses, espanhois, panamenhos, bascos, italianos, mexicanos, açorianos, colombianos, canários, estadosunidenses, entre outros.
O Galpão do Pajador vai ser apresentado ao vivo, contemplando também o noticiário cultural e a pajada, dois campos expressivos de sua atuação como artista e jornalista.
Este locutor não está apresentando em nenhum horário